Você está aqui

Coréia do Norte

Coréia do Norte

Há negociações em andamento para estabelecer novos projetos médicos na República Popular Democrática da Coreia.

As instalações de saúde não recebem manutenção regular no país e carecem de equipamentos médicos e suprimentos. A população é afetada também pela escassez de alimentos. Somente algumas ONGs internacionais têm permissão para trabalhar no país, e suas atividades são rigorosamente controladas.

Em junho de 2014, Médicos Sem Fronteiras (MSF) concluiu um projeto no distrito de Anju, província de Pyongan do Sul, que concentrava esforços no aumento da capacidade de oferta de serviços médicos para a população local, principalmente com o treinamento de pessoal e doações de remédios e suprimentos. A abordagem modular de MSF esteve concentrada no atendimento à saúde materno-infantil, incluindo o treinamento específico para o manejo de diarreia e doenças respiratórias e neurológicas, desnutrição infantil, e procedimentos obstétricos para salvar vidas. Além do treinamento de pessoal médico, a equipe de MSF visitou as alas de maternidade e pediatria do hospital local, examinando pacientes e avaliando a implementação de módulos de treinamento. A organização também forneceu equipamento médico para 250 pacientes e apoio indireto a 3 mil pessoas.

No fim de outubro, MSF começou a explorar a viabilidade de atividades em outros locais. A equipe visitou o hospital de condado em Sukchon, em Pyogan do Sul, e o hospital Kim Man Yu, em Pyongyang, e, no fim do ano, estava negociando com o governo o lançamento de novos programas. Em dezembro, dois funcionários do Ministério da Saúde foram convidados por MSF para participar de uma sessão de treinamento sobre Ebola realizada em Genebra.

MSF atua no país desde 1995.