Você está aqui

Armênia

Armênia

Em 2016, novos tratamentos para a tuberculose multirresistente a medicamentos (MDR-TB) foram implementados na Armênia, que tem um dos maiores índices da doença no mundo. O principal desafio é a duração e a toxicidade do próprio tratamento, que envolve a ingestão de 20 comprimidos por dia durante dois anos, além de meses de injeções diárias. A Armênia foi um dos primeiros países a autorizar o uso de dois novos medicamentos para TB, a bedaquilina e o delamanid, que prometem ser menos tóxicos e mais eficazes. Entre janeiro e dezembro de 2016, 66 pacientes de MDR-TB iniciaram o novo plano de tratamento e um total de 79 estava sendo tratado até o fim de 2016. MSF atua no país desde 1998.

Notícias

Início da Atuação: 
1988
Atividades Médicas: 
Tuberculose