Você está aqui

Sociedade civil promove ato sobre ‘Zona Sul Legal’ nas escadarias da ALERJ

08/09/2003
Espetáculo com bonecos gigantes chamará atenção para a violência e desrespeito empregados nas ações de recolhimento. Dentro da ALERJ, uma audiência pública discute o problema, onde terão direito a voz, pessoas em situação de rua.

Dia 8 de setembro, segunda-feira, às 12h30, um grupo de organizações fará uma manifestação em frente à Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, com o objetivo de chamar a atenção da população para a violência e o desrespeito empregados pelo poder público no tratamento das pessoas em situação de rua e da necessidade de se criarem políticas públicas eficazes.

A manifestação contará com a participação da Companhia de Surto Mambembe Ioiô, que trabalha com bonecos gigantes em improvisações interativas. O grupo levará para as escadarias da ALERJ, um número criado especialmente para abordar a questão da população em situação de rua. Integrantes das organizações envolvidas na audiência estarão distribuindo folhetos e apresentando cartazes para sensibilizar a sociedade.

A manifestação antecederá a audiência pública ZONA SUL LEGAL: LEGAL PARA TODOS?, que pretende discutir a eficácia de ações paliativas como a Operação Zona Sul Legal e abrir um canal de interlocução entre as organizações da sociedade civil e os governos municipal e estadual para a elaboração de políticas públicas, intersetoriais e articulada.

As ações que fazem parte da Operação Zona Sul Legal, amplamente divulgadas pela mídia, se utilizam de uma população vulnerável para dar satisfação à sociedade. O método mais simples e menos eficaz para resolver a questão é o recolhimento forçado das pessoas das ruas para abrigos e albergues. Os equipamentos públicos do Rio de Janeiro estão superlotados e não possuem estrutura adequada e serviços de qualidade direcionados à promoção da cidadania dessas pessoas, que acabam retornando à situação de rua.

Horário: 12h30
Local: Escadaria do Palácio 23 de Julho
Audiência Pública

A Audiência Pública está sendo organizada pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro - através das Comissões de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania e de Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso -, pela 1º Vara da Infância e da Juventude, pelo Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e pelas organizações Olha pra Mim, Movimento de Amor ao Próximo (MAP), Médicos Sem Fronteiras e Organização Civil de Ação Social (OCAS). Já estão confirmadas as participações de Dr. Siro Darlan, juiz da 1º Vara da Infância e da Juventude; Wagner Siqueira, secretário municipal de desenvolvimento social (SMDS); Fernando Wiliam, secretário estadual de ação social e de moradores de rua, entre outros.

Data: 8 de Setembro, segunda-feira
Horário: 14h
Local: Palácio 23 de Julho – Auditório Senador Nelson Carneiro
R. Dom Manoel, nº 1 – Praça XV – Centro – Rio de Janeiro
Assessoria de Imprensa:
Cecília Contente (CRESS) – Tel.: 9724-8795 / 2240-1727
Flávio Guilherme (Médicos Sem Fronteiras) – Tel.: 8123-4133 / 2215-8688