Você está aqui

MSF e revista Ocas promovem atividade no Dia da Erradicação da Pobreza

18/10/2002
No dia 17 de outubro MSF e a revista Ocas promoveram uma atividade no centro do Rio de Janeiro, que contou com a apresentação de esquetes da peça “Capitães da Areia”, baseada no texto de Jorge Amado

Dia 17 de outubro, quinta-feira, foi o Dia Mundial da Erradicação da Pobreza. Para chamar a atenção de todos para o tema, Médicos Sem Fronteiras (MSF) e a revista Ocas promoveram um evento no centro do Rio de Janeiro, que contou com a apresentação de esquetes da peça “Capitães da Areia”, baseada no texto de Jorge Amado - em cartaz no teatro Vanucci, no Shopping da Gávea, no Rio de Janeiro. O espetáculo narra as aventuras e desilusões da vida marginalizada de um bando de meninos pelas ruas da Bahia e mostrou que, desde 1937, data
em que Capitães da Areia foi escrita, pouco evoluímos no sentido de criar melhores condições de vida para moradores de rua.

A apresentação começou por volta das 17h30, e muitas pessoas pararam para assistir, inclusive moradores de rua que vivem próximos à área. Alguns deles, inclusive, participaram das rodas de capoeira, que faziam parte da peça.

O público participou dando sua sugestão, por escrito, de caminhos a serem seguidos para erradicar a pobreza, que foram depositadas em uma urna. Além disso, depoimentos de moradores de rua atendidos pelo projeto Meio-fio, de MSF, foram distribuídos, mostrando as trajetórias de vida e dificuldades que levaram estas pessoas à situação em que estão, à rua, uma das conseqüências mais árduas da pobreza no Brasil. Clique aqui para saber um pouco mais da realidade vivenciada por estas pessoas.