Você está aqui

MSF já teve projetos no Brasil?

Enviado por admin_msf em 03/04/2017

Entre 1991 e 2009, Médicos Sem Fronteiras desenvolveu projetos de saúde no Brasil que envolveram do combate a uma epidemia de cólera na Amazônia à oferta de cuidados a pessoas sem acesso a serviços de saúde em Vigário Geral e vítimas da violência no Complexo do Alemão. Desde então, MSF atuou em Alagoas e na Região Serrana do Rio de Janeiro, pontualmente, durante as enchentes de 2010 e 2011. Entre dezembro de 2011 e fevereiro de 2012, MSF levou ajuda humanitária a mais de 1 mil haitianos na cidade de Tabatinga, no Amazonas, além de sensibilizar autoridades para a urgência da situação. No início de 2013, após um incêndio em uma boate na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, profissionais de saúde mental da organização prestaram suporte às equipes da rede pública no atendimento aos sobreviventes do acidente e familiares e conhecidos das vítimas. Por ocasião da cheia do Rio Madeira, em Rondônia, em fevereiro de 2014, Médicos Sem Fronteiras enviou equipes para avaliar a situação médico-humanitária das comunidades locais e descartar a probabilidade de um surto de cólera. A conclusão foi a de que as autoridades locais estavam preparadas para atender às necessidades das populações atingidas. Ainda assim, a organização ministrou um treinamento médico para compartilhar sua experiência no tratamento da cólera e organizou um documento com medidas que poderiam ser adotadas localmente para conter um possível surto.

Clique aqui para saber mais sobre nossos projetos no Brasil

Assunto:

Tipo de Pessoa: 
Física