Você está aqui

O ‘olhar vazio’ da cólera que chocou um médico brasileiro no Iêmen