Você está aqui

Repressão nas fronteiras

22/09/2015

Após a Hungria fechar sua fronteira com a Sérvia e lançar gás lacrimogêneo durante confrontos, Médicos Sem Fronteiras mobilizou suas equipes médicas para ajudar a tratar os feridos. Milhares de refugiados ficaram detidos próximo à fronteira, tendo de buscar alternativas para chegar aos seus destinos europeus. Na medida em que algumas pessoas também estão começando a cruzar a fronteira da Sérvia com a Croácia, MSF enviou equipes para avaliar a situação na região. (Fotos: Juan Carlos Tomasi/MSF)

Leia mais sobre