• Local: Cine Cocó - Av. Padre Antonio Tomas, s/n – Aldeota.
  • Data: 12 de novembro - Sábado
  • Horário: das 10h às 17h30
mais informações

Seminário de Jornalismo

AVALIAR

Ajuda Humanitária em Pauta como cobrir conflitos armados, desastres naturais e epidemias.

Profissionais e estudantes de comunicação de Fortaleza têm agora a oportunidade de participar de um seminário de jornalismo sobre cobertura de conflitos armados, desastres naturais e epidemias. Promovido por Médicos Sem Fronteiras (MSF), o evento vai debater o trabalho de organizações que atuam em meio às piores crises do mundo, além de apresentar dicas sobre como fazer uma boa cobertura jornalística desses contextos.

As vagas são limitadas e as inscrições, gratuitas. Clique aqui para se inscrever.

Programação:

10h – 10h15 - Apresentação do Seminário de Jornalismo e do Conexões MSF

10h15 – 11h45 - O trabalho de Médicos Sem Fronteiras (MSF)
Palestrante: Susana de Deus é diretora-geral de MSF-Brasil desde maio de 2013. Formada em Relações Internacionais com mestrado em Desenvolvimento, iniciou sua carreira humanitária em 1996 em Angola, onde permaneceu durante a guerra civil, tendo depois trabalhado em outros países da África e da América Central. Atuou com MSF pela primeira vez no Brasil de 2001 a 2005, coordenando projetos de saúde indígena no Amazonas e de saúde primária e de emergência no Rio de Janeiro.

11h45 – 11h50 - Intervalo

11h50 – 12h20 - Fontes para a cobertura de crises humanitárias
Palestrante: Claudia Antunes é jornalista e coordenadora de Relações com a Imprensa de Médicos Sem Fronteiras Brasil. Especializada na cobertura de política internacional, trabalhou no Jornal do Brasil, na Folha de S. Paulo e na revista piauí. Foi bolsista da Fundação Nieman para o Jornalismo, da Universidade Harvard, entre 2005 e 2006.

12h20 – 12h25 - Intervalo

12h25 – 13h30 - A comunicação em MSF – Como funciona a relação com a imprensa e de que forma podemos apoiar as coberturas
Palestrante: Claudia Antunes

13h30 – 14h45 - Almoço

14h45 – 16h - O trabalho do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur)
Palestrante: Luiz Fernando Godinho é o porta-voz do Acnur no Brasil. Jornalista, possui mestrado em Globalização e Desenvolvimento pela Universidade de Westminster (Londres). No Acnur desde 2006, já atuou em operações humanitárias no Brasil, Colômbia e Equador e em emergência na Etiópia. Foi repórter e editor de veículos como Folha de S. Paulo, O Globo, Veja, IstoÉ, Correio Braziliense, Hoje Em Dia e Estado de Minas.

16h – 16h05 - Intervalo

16h05 – 17h30 - Bastidores de cobertura de crise humanitária
Palestrante: João Paulo Charleaux é jornalista, editor de Política do Nexo Jornal. Escreveu para Folha de S. Paulo, Estadão e O Globo, foi correspondente e enviado especial de jornais brasileiros no exterior e de jornais estrangeiros no Brasil. Por sete anos, respondeu pela comunicação do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

Regras de inscrição

O evento é exclusivo para profissionais e estudantes de comunicação, com prioridade para jornalistas e outros profissionais de mídia, assim como estudantes de Jornalismo e Rádio e TV. Seguindo estes critérios, as vagas serão preenchidas por ordem de inscrição. Os formulários serão recebidos até as 12h de 11 de novembro, mesmo que já tenhamos preenchido todas as vagas, pois haverá lista de espera.

Todas as pessoas receberão e-mail indicando o procedimento na chegada ao evento. As comunicações serão enviadas até as 17 horas dos dias 9, 10 e 11 de novembro, considerando os inscritos até as 12h da data correspondente.

atividades

Uma série de atividades, em onze diferentes locais, para você se conectar com MSF. Uma delas tem a sua cara!