Você está aqui

Iêmen: atividades de MSF em Ibb completam um ano

09/03/2017
Atividades foram iniciadas em hospital rural do distrito de Thi As Sufal; a organização apoia e mantém hospitais em oito províncias do país

Foto: Malak Shaher/MSF

Há um ano, a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) começava a oferecer cuidados e serviços essenciais de saúde no Hospital Geral Rural do distrito de Thi As Sufal, na província de Ibb.

O Hospital Geral Rural de Thi As Sufal, localmente conhecido como hospital Al-Kaida, é uma das inúmeras instalações de saúde do Iêmen que foi financeiramente afetada pela guerra que começou em março de 2015. O hospital está localizado em uma região onde vivem cerca de 500 mil pessoas, além da população internamente deslocada que foge da linha de frente na província de Taiz, a 20 quilômetros dali. No hospital, MSF recebe pacientes tanto da província de Ibb como de Taiz, oferecendo uma média de 250 consultas de emergência por semana.

“Desde o início da guerra, as necessidades médicas no país explodiram”, diz Satoru Ida, coordenador-geral de MSF no Iêmen. “Em resposta a isso, MSF aumentou a sua assistência para os que encontram dificuldades de acessar cuidados médicos básicos e de emergência. Nosso novo projeto no distrito de Thi As Sufal é parte dessa expansão. Nosso objetivo é garantir acesso gratuito a cuidados de saúde de qualidade, aperfeiçoando a gestão do hospital de casualidades em massa e oferecendo cirurgias essenciais e hospitalização para os que se encontram em condições médicas mais graves”.  

Nesse hospital, MSF mantém um departamento de internação de 54 leitos que inclui uma unidade de terapia intensiva para crianças e adultos; além disso, são oferecidas cirurgias de trauma e cesarianas. Em pouco menos de dez meses, MSF havia tratado 6.081 pacientes na sala de emergência, realizado 2.117 intervenções cirúrgicas e admitido 1.498 pacientes no hospital. Os números de casos da sala de emergência e dos centros cirúrgicos aumentaram, respectivamente, em 1,5 e 5 vezes desde que o projeto foi inaugurado.  

“O hospital estava oferecendo serviços muito limitados, já que carecia de profissionais especializados para operar os equipamentos médicos da instalação”, diz o dr. Sameer Al-Ariqi, diretor-geral do hospital do Ministério da Saúde. “MSF começou a trabalhar no centro cirúrgico e na sala de emergência oferecendo serviços essenciais de saúde, além de fornecer os medicamentos e suprimentos médicos necessários”.

Agora, MSF garante a presença de profissionais especializados como cirurgiões gerais e ortopédicos e médicos anestesistas no hospital.
Além de seu trabalho no Hospital Geral Rural, MSF oferece serviços vitais na sala de emergência do hospital Al-Thawra, na principal cidade de Ibb.

MSF é uma organização médico-humanitária internacional que trabalha em cerca de 70 países. No Iêmen, MSF atua nas províncias de Ibb, Taiz, Sa’ada, Hajja, Aman, Aden, Al-Dhale e Sana’a. Todos os cuidados médicos prestados por MSF são gratuitos e acessíveis a todos, sem qualquer discriminação. MSF trata pacientes independentemente de seus vínculos religiosos, tribais ou políticos. Desde o início da guerra, em março de 2015, mais de 50 mil vítimas da violência foram tratadas em hospitais mantidos ou apoiados por MSF em todo país.

Leia mais sobre